escrito por:
karla

publicado em:
24 set 2020

Turnover: o impacto da rotatividade de pessoas na empresa

O turnover é um índice que aponta a rotatividade de uma organização e fornece informações importantes para entender melhor questões como cultura organizacional, ambiente de trabalho e gestão de pessoas, por exemplo. É sobre isso que vamos falar neste artigo. 

O que é turnover?

O turnover é uma das métricas aplicadas pelo RH de empresas para calcular a taxa de rotatividade de colaboradores. O índice calcula a diferença entre admissões e desligamentos em um determinado período. 

O importante é entender o que o número indicado no cálculo do turnover quer dizer para a empresa. Assim, será possível realizar um planejamento voltado para manter, aumentar ou diminuir o índice, de acordo com cada estratégia. 

Os tipos e impactos do turnover

A classificação dos tipos de turnover também deve ser levada em consideração para a tomada de decisões. Os principais tipos são: 

  • Turnover voluntário: é quando o colaborador pede o desligamento da empresa por vontade própria e por motivações pessoais. Neste caso, a empresa deve acatar o pedido ou fazer uma contraoferta. 
  • Turnover involuntário: é quando a empresa demite o colaborador. Seja por falta de rendimento, dificuldade de integração ou descumprimento de função, por exemplo. O principal impacto é financeiro, uma vez que se deve acertar todos os encargos do processo. 
  • Turnover funcional: é quando um colaborador de baixo desempenho pede demissão. Este é um dos casos positivos para empresa. Assim, ela evita os custos do processo demissional e disponibiliza a nova cadeira para um profissional mais adequada ao perfil desejado.    
  • Turnover disfuncional: este é um dos que as empresas buscam evitar. Ele se dá pela perda de um funcionário de alto desempenho, com habilidades de difícil reposição. Um turnover disfuncional é capaz de diminuir rendimento de times inteiros e impactar em resultados e produtividade da empresa. 

O que causa o turnover?

É natural que uma empresa tenha que lidar com o turnover. Afinal, o que está ligado às altas taxas de turnover? 

Entre as principais, listamos as seguintes: 

  • Vagas mal formuladas
  • Feedback
  • Ambiente de trabalho tóxico
  • Liderança ineficiente
  • Plano de carreira falho ou inexistente
  • Falta de prática da cultura organizacional

Então, como diminuir o turnover e minimizar seus impactos?

Uma das lutas constantes dos profissionais de recursos humanos é justamente evitar a rotatividade constante de colaboradores. Nos principais casos, daqueles de alto desempenho que contribuem para o crescimento de times e da organização como um todo. 

Nesse sentido, existem algumas práticas que podem ser úteis para manter os índices de turnover dentro do planejado e ainda fortalecer a imagem da empresa perante os colaboradores e consumidores. 

Cultura organizacional

Uma cultura organizacional bem definida é capaz de engajar e reter colaboradores. Uma vez que eles se sintam parte da empresa e estejam alinhados com os propósitos, valores e missões da organização, se tornarão ainda mais produtivos. 

A implantação e prática de uma cultura poderosa é fator de motivação certeira para colaboradores. 

Planejamento de contratações

Se a cultura organizacional for bem trabalhada, o RH certamente terá mais facilidade de traçar perfis compatíveis de profissionais que tenham similaridade de pensamento e motivações. Desta forma, fica mais fácil contratar as pessoas certas para as vagas certas. 

Ambiente de trabalho saudável

Oferecer um ambiente de trabalho saudável para o colaborador é uma premissa básica para que ele se sinta confortável e seguro para executar suas tarefas. O clima organizacional deve ser trabalhado através do endomarketing e mantido por seus colaboradores. 

Gamificação

É possível implementar a cultura, tornar o ambiente de trabalho mais saudável e motivador através de jogos. A gamificação vem se tornando cada dia mais presente em organizações que investem no bem-estar e na carreira dos seus colaboradores. 

Na prática, os jogos são utilizados para engajar e estimular pessoas, times ou departamentos a tomarem uma determinada ação. Um dos pontos principais é a recompensa, que faz com que eles se mantenham estimulados a continuar o desafio. 

Em relação ao turnover, a gamificação pode ser usada para:

  • Desenvolvimento profissional
  • Estímulo de performance
  • Motivação
  • Interação
  • Feedback
  • Reconhecimento
  • Produtividade

Uma tecnologia útil que promove integração, desafios e recompensas para que os colaboradores se mantenham engajados e com o pensamento focado no seu crescimento profissional dentro da empresa. 

Utilize de ferramentas, como as da Gamefic para engajar equipes, aumentar a satisfação, tornar mais forte a cultura organizacional, valorizar o material humano da empresa e consequentemente, diminuir o turnover. 

A atualização do conhecimento sobre tecnologia e gestão é o caminho certo para a retenção de talentos em grandes empresas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


NEWSLETTER