Avatar

escrito por:
rubens

publicado em:
30 set 2020

RH 4.0: vantagens e desafios

A transformação da indústria e dos modelos de negócios causa também profundas mudanças na gestão de pessoas. Prova disso é o RH 4.0. 

A automatização de processos trouxe mais autonomia e poder de voz para o profissional de Recursos Humanos. A nova era é carregada de expectativas, estímulos para os profissionais e a valorização do ser humano. 

Afinal, o que é o RH 4.0?

É importante contextualizar: o RH 4.0 faz parte da chamada revolução 4.0. Atualmente a tecnologia da informação é aplicada para a melhoria de processos produtivos da indústria. 

Ou seja, com os softwares providos de inteligência artificial, é possível automatizar alguns processos lentos e burocráticos. Não só isso, eles ainda contribuem com uma bonificação: a geração de dados mais precisos e informações relevantes.

Assim, a organização consegue acelerar de processos, inovar mais e a tomada de decisões pela alta gerência fica mais facilitada.

Contudo, a tecnologia causa impactos severos na relação entre pessoas, e por consequência, nas relações de trabalho. Uma vez que essa transformação acontece, os gestores devem ficar atentos aos efeitos que podem ser causados em seus times.  

O que muda com a implementação do RH 4.0?

É fato. A tecnologia, ferramenta chave do RH 4.0, facilita e traz mais flexibilidade e poder de voz para o RH.

E logo é possível perceber como a velocidade com que a inovação e resultados se tornam maiores. Alguns exemplos do que pode mudar com a implementação são os seguintes: 

  • Diminuição da burocracia;
  • Redução de erros de processos repetitivos;
  • Mais tempo para dedicar à estratégia de negócio;
  • Facilidade para enraizar a cultura organizacional;
  • Colaboradores mais engajados e satisfeitos;
  • Por consequência, maior retenção de talentos. 

Benefícios, vantagens e consequências do RH 4.0

Até agora, entendemos que o RH 4.0 é uma inovação tecnológica necessária para a evolução da gestão de pessoas e organizações como um todo. Mas quais os reais benefícios, além de desburocratizar o setor? 

Processos seletivos e retenção de talentos

Os softwares são capazes de gerar informações e dados mais completos, tornando processos como “definir uma vaga” ou “escolher um perfil de candidato adequado” muito mais assertivo dentro da cultura, estratégia e planejamento da empresa. 

O RH 4.0 promove uma gestão humana, focada no diálogo e no entendimento das reais necessidades do colaborador. 

Uma vez que ele se sinta abraçado pela empresa, trabalhando em um clima favorável, a sensação de pertencer aumenta, o que favorece a retenção de talentos da empresa. 

Desenvolvimento profissional e crescimento de mercado

Com mais tempo para analisar dados gerados pela inteligência artificial, o RH poderá identificar as deficiências dos profissionais, direcionando-os para a capacitação/treinamento corretos para o desenvolvimento. 

Desta forma, criam-se times bem estruturados, competentes e alinhados com o propósito da organização. Uma equipe preparada para cumprir o planejamento de forma muito mais eficaz. 

Aumento na felicidade

Por fim, com um relacionamento mais próximo entre RH e colaborador, é possível atender as necessidades mútuas e cria-se o sentimento de fazer parte de algo maior, tornando o profissional mais alegres e produtivo. 

Contudo, é preciso enfrentar alguns desafios

Toda mudança gera um desconforto. Estamos acostumados com a nossa zona de segurança. Propor e implementar inovações podem gerar alguns conflitos. 

Em time que se ganha, se mexe?

Apesar de ser um setor importante dentro de qualquer organização, em alguns casos o RH ainda sofre com a visão antiga de suas funções: fazer a folha de pagamento e organizar férias dos colaboradores. 

Por outro lado, pode parecer confortável seguir trabalhando da mesma forma, até porque, deu certo até agora.

Mas é aí que entra o poder de voz do RH. 

A partir de dados que comprovem a eficácia da digitalização de processos e os benefícios que a inovação pode trazer para toda a organização, o profissional deve se agarrar em argumentos e provas convincentes para dar este importante passo dentro da empresa. 

A gamificação e o RH

Os jogos no ambiente de trabalho fazem parte desta revolução no ambiente de trabalho. A gamificação ajuda a engajar equipes e é uma ferramenta importante tanto para o RH em si, quanto para difundir uma cultura de colaboração, competitividade saudável e de crescimento profissional. Experimente a Gamefic

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


NEWSLETTER